quarta-feira, 20 de junho de 2012

Mamã


...que me ensinas a escuta e a serenidade, e que me levas por caminhos que há dentro de mim ainda desconhecidos. (...)
Mãe do mistério encarnado, mulher do sim disponível e atento. Menina desconhecida e incógnita. Perdida no meio de um povo e de uma época em que a mulher era mais um resto de nada. Mulher como eu, santa como tantas vezes tento e não consigo...Minha mãe do céu que eu não entendo mas que sei e sinto...
Intercede junto ao Pai, pela minha felicidade. Aquela que também foi a tua. Aquela que vem sempre que dizemos o sim convicto à vontade do Pai. Aquela que vem quando seguimos o amor sem fronteiras, sem limites e sem medos. Aquela que te tornou a mais feliz entre as mulheres, não apenas por seres mãe de Deus encarnado, mas por aceitares sem reservas a vontade do Deus que nasceu de Ti. 
Intercede por mim mãe...Intercede para que, perante o sofrimento, eu tenha a coragem da verticalidade...a mesma que ensinaste ao mundo diante da Cruz do Teu filho.

2 comentários:

  1. Quem reza assim, sabe muito bem aquilo que diz...
    Obrigada por partilhares.
    Força*

    ResponderEliminar